Editora Mizuno
Product ID: 107
Product SKU: 107
New In stock />
Manual de Criminologia

Manual de Criminologia

Destaque Lançamento

Marca: Editora Mizuno Referência: 9786555263602


De R$ 88,00
Por:
R$ 70,40
Economize  R$ 17,60

R$ 66,88 à vista com desconto Boleto - Yapay
ou 2x de R$ 35,20 Sem juros
Simulador de Frete
- Calcular frete

Autor: Rodrigo Augusto Tadeu Martins Leal da Silva – Edição/2022  - 240 páginas – Formato: 16x23 – ISBN: 9786555263602

O livro de criminologia é um manual para começar do zero os estudos ou reforçá-los, pois o pensamento criminológico é uma linha contínua em constante evolução.

Este livro é o resultado de um projeto pessoal antigo nosso, de oferecer ao público leitor uma obra didática sobre a Criminologia que não pecasse nem pela falta, nem pelo excesso.

Que se aprofundasse sobre os diversos temas da Criminologia sem superficialidade, mas também sem incorrer em excessiva prolixidade.

Nele apresentamos todas as Escolas e vertentes de pensamento criminológicas desde as Escolas Clássica e Positivista, sem ignorar o intenso debate sobre a cientificidade ou pré-cientificidade delas. Avançando pela chamada "Virada Sociológica", passamos pela Escola de Chicago, pelas Teorias da Associação Diferencial, da Anomia e da Subcultura Delinquente, sedimentando as profundas diferenças entre as bases das chamadas teorias do consenso e do conflito.

Nestas últimas, apresentados não apenas o Labeling Approach e as vertentes da Criminologia Crítica, mas tratamos do Realismo Marginal Latino-americano e demais vertentes críticas da contemporaneidade, incluindo a crítica à política criminal atuarial, as Criminologias Feminista, Queer e Cultural.

CAPÍTULO 1

CONCEITO E MÉTODO DA CRIMINOLOGIA

CAPÍTULO 2

OBJETOS DA CRIMINOLOGIA

2.1 O delito

2.2 O criminoso

2.3 A vítima

2.4 A reação social

CAPÍTULO 3

FUNÇÕES DA CRIMINOLOGIA

CAPÍTULO 4

INTRODUÇÃO ÀS ESCOLAS CRIMINOLÓGICAS

4.1 A cientificidade da Criminologia

4.2 As escolas criminológicas e seus paradigmas

CAPÍTULO 5

A ESCOLA CLÁSSICA

5.1 Histórico

5.2 O pensamento de Francesco Carrara

5.3 O método da Escola Clássica

5.4 Finalidades da pena

CAPÍTULO 6

A ESCOLA POSITIVA

6.1 Histórico

6.2 Fase biológica

6.3 Fase sociológica

6.4 Fase jurídica

6.5 Recepção do positivismo criminológico no Brasil

6.6 Questões

CAPÍTULO 7

A IDEOLOGIA DA DEFESA SOCIAL

CAPÍTULO 8

A ESCOLA DE CHICAGO

8.1 Histórico

8.2 Conceitos essenciais

8.2.1 Desorganização social

8.2.2 Áreas de criminalidade

8.3 Propostas

8.4 Críticas

8.5 Questões

CAPÍTULO 9

TEORIA DA ASSOCIAÇÃO DIFERENCIAL

9.4 Críticas

9.5 Questões

CAPÍTULO 10

A TEORIA DA ANOMIA

10.1 Teorias estruturais-funcionalistas e negação do princípio do bem e do mal

10.2 Teoria da Anomia de Durkheim

10.3 Teoria da Anomia de Robert Merton

10.4 Críticas

10.5 Questões

CAPÍTULO 11

TEORIA DA SUBCULTURA DELINQUENTE

11.1 Introdução

11.2 Características da subcultura delinquente

11.3 Críticas

11.6 Questões

CAPÍTULO 12

TEORIA DA ROTULAÇÃO SOCIAL

12.1 Introdução

12.2 Principais conceitos

12.3 Desdobramentos e críticas

12.4 Questões

CAPÍTULO 13

CRIMINOLOGIA CRÍTICA

CAPÍTULO 14

ABOLICIONISMO PENAL

14.1. O abolicionismo radical escandinavo

14.2. O abolicionismo penal de Louk Hulsman

14.3. Críticas e impactos da Criminologia Crítica Abolicionista

CAPÍTULO 15

NEORREALISMO DE ESQUERDA

CAPÍTULO 16

MINIMALISMO PENAL

CAPÍTULO 17

O REALISMO MARGINAL E A TEORIA AGNÓSTICA DA PENA

17.1 Introdução

17.2 Funções latentes e manifestas da pena

17.3 Classificação dos processos de criminalização

17.4 Seletividade penal, obras toscas e empresários da moral

17.5 Vitimização, policização, seletividade e o direito penal subterrâneo

17.6 A teoria agnóstica da pena

17.7 A crítica ao totalitarismo financeiro

17.8 Questões

CAPÍTULO 18

A INFLUÊNCIA DE OUTRAS ÁREAS DO SABER

18.1 Introdução

18.2 Michel Foucault

18.3 Giorgio Agamben

18.4 Interseccionalidade como categoria de análise

18.5 Judith Butler e a performatividade de gênero

18.6 Racismo estrutural e necropolítica

CAPÍTULO 19

PENSAMENTOS CRIMINOLÓGICOS CONTEMPORÂNEOS

19.1 O pensamento de David Garland e Loïc Wacquant

19.2 A Criminologia Cultural

19.3 A Criminologia Feminista

19.4 A Criminologia Queer

19.5 A Criminologia da Não Violência (Peacemaking Criminology)

19.6 A Criminologia Condenada (Convict Criminology)

19.7 A Criminologia Verde (Green Criminology)

19.8 A política criminal atuarial

REFERÊNCIAS

ÍNDICE ALFABÉTICO REMISSIVO

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

    Confira os produtos